A importância da oratória na comunicação com equipes

Foi-se o tempo em que a oratória só era importante para profissionais que precisam falar em público como jornalistas, palestrantes ou publicitários. A oratória na comunicação com equipes por muito tempo foi deixada de lado. Felizmente essa história está mudando e o tema vem ganhando cada vez mais espaço nos ambientes corporativos.

Ao fazer um bom uso da oratória, é possível melhorar o relacionamento com a equipe e evitar possíveis problemas como o aumento dos gastos, falta de motivação da equipe, queda nas vendas, estresse e atrasos nas conclusões de projetos.

Mas por que a oratória na comunicação com equipes é importante? Como essa habilidade pode ser melhorada? Preparamos um artigo sobre o tema. Boa leitura!

Oratória na comunicação com equipes: o que é oratória?

Em primeiro lugar é necessário esclarecer o que é oratória. Nada mais é que a habilidade de falar em público de forma clara, segura e objetiva. É um conjunto de técnicas que fazem com que os discursos sejam impactantes e persuasivos.

Muitos pensam que é um dom e, de fato, algumas pessoas parecem que nascem com a habilidade de falar bem em público. Porém, a oratória é uma habilidade que pode ser adquirida e aperfeiçoada com o tempo através de muito estudo, treino e dedicação.

Desenvolver uma boa oratória é muito importante para o indivíduo não somente no meio profissional, mas também em outras áreas da vida, afinal, quem possui essa habilidade transmite mais confiança, mais segurança, é mais persuasivo e também passa mais credibilidade.

Em uma empresa, por exemplo, é importante o uso da oratória especialmente pelos líderes, pois são eles os responsáveis por representar os interesses da empresa, dar instruções à equipe, fechar negócios e muito mais. Um líder que não desenvolveu suas habilidades comunicativas dificilmente conseguirá atingir seus objetivos dentro de uma empresa.

Oratória na comunicação com equipes: por que é importante?

Já que a oratória é a habilidade de falar em público com clareza, segurança, eloquência e objetividade, por que o seu desenvolvimento é tão importante para a comunicação com equipes?

É essa habilidade que garante que haja um bom entendimento entre os membros da equipe, melhora o clima organizacional e ainda ajuda a fazer com que os membros da equipe se mantenham focados, motivados e produtivos, além de evitar possíveis problemas causados por falhas na comunicação como diminuição das vendas, aumento de gastos e outros.

Uma boa comunicação dentro de uma empresa também aproxima os líderes de suas equipes e isso é muito importante, ainda mais atualmente com o trabalho híbrido e remoto que faz com que muitas pessoas acabem se afastando de seus colegas de trabalho. Desenvolver boas habilidades comunicativas também faz com que o ambiente de trabalho se torne mais leve.

É importante que essa ferramenta comunicativa seja colocada em uso dentro de uma empresa para que todos fiquem cientes sobre os objetivos que devem ser alcançados e como será possível atingi-los.

Mas como usar a oratória para melhorar a comunicação com a equipe? Em primeiro lugar, é necessário esclarecer que essa habilidade não é só sobre falar e ponto. Um bom líder também precisa ouvir o que os seus colaboradores têm a dizer. Comunicação é sobre saber se expressar, mas também sobre estar aberto à escuta.

Para conseguir usar a oratória a seu favor, é importante que o líder conheça bem a sua equipe. Assim será possível adequar a linguagem, o tom de voz, as vestimentas e outros fatores importantes que farão com que o público se identifique mais com o seu discurso.

Um líder que utiliza uma linguagem inadequada com a sua equipe dificilmente conseguirá alcançar os resultados esperados, pelo contrário. O mau uso da linguagem, do tom de voz, do vocabulário e até mesmo da linguagem corporal pode fazer com que a equipe não “compre” o discurso, porque ele não passou a credibilidade necessária e nem a motivou.

Como melhorar a oratória?

Falar em público, mesmo quando se trata de uma equipe conhecida, não é uma tarefa fácil para muitas pessoas. Estima-se que 60% das pessoas tenham medo de falar em público. Felizmente, através da adoção de algumas técnicas e de muito treino é possível se livrar do medo de falar em público e fazer ótimos discursos, com eloquência, clareza e objetividade.

Atenção à linguagem corporal

Para ter uma boa oratória não basta somente falar. A linguagem corporal também conta e é muito importante dar atenção a ela. Não adianta que a boca esteja falando alguma coisa quando a postura corporal, os gestos, as expressões faciais e até mesmo a vestimenta estiverem comunicando uma mensagem diferente.

O ideal é procurar manter sempre uma postura ereta e evitar mexer muito com as mãos ou com os pés. Balançar as pernas, mexer no cabelo, desviar o olhar e outras atitudes como essa transmitem nervosismo e insegurança. O melhor é procurar agir naturalmente, com espontaneidade.

Conhecer o assunto

É essencial conhecer o assunto que será tratado. Assim, o discurso passará mais credibilidade e também será possível evitar ser surpreendido por uma pergunta mais difícil, da qual não sabe a resposta. Ao conhecer o assunto também é possível solucionar as dúvidas dos clientes e negociar com mais facilidade.

Treinar a fala

A verdade é que é impossível ter uma boa oratória e falar para um público enorme da noite para o dia. É preciso muito treino e dedicação. Uma boa dica para quem está se preparando para um discurso é treinar em casa. Repetir o discurso na frente do espelho prestando atenção em como pronunciar as palavras. Discursar para a família é um bom treino também.

Manter o foco

Um dos maiores desafios enfrentados por quem vai falar em público é prender a atenção dos seus ouvintes. Por isso, é importante manter o foco, para que as apresentações sejam assertivas e atinjam seus objetivos. Para que o público não se disperse e entenda o que o orador tem a dizer é necessário ir direto ao ponto e seguir um raciocínio linear.