Aprenda como usar a sua voz: ela é uma ferramenta poderosa!

Olá, Speakers! Tudo bem com vocês?

Vocês já tiveram a sensação de não serem ouvidos enquanto falam?

Seja no trabalho, em casa ou durante uma apresentação em público, esse sentimento causa sempre um mal-estar, não é verdade? Afinal, quando temos algo importante a dizer, queremos que o outro nos escute e preste atenção na nossa mensagem. Caso contrário, nos sentimos frustrados.

A boa notícia é que existem dicas para aperfeiçoar a nossa oratória e prender a atenção dos nossos ouvintes. E, para colocar essas dicas em prática, é preciso saber usar uma ferramenta poderosíssima: a nossa voz.

É isso mesmo, Speakers, saber usar a voz é muito importante na hora de fazer uma apresentação em público. Imagine um show com o seu cantor favorito. Imaginou? Bom, nesse caso, a voz desse cantor é fundamental, não é? Numa apresentação em público, você, Speaker, é a estrela principal e a sua voz é o instrumento.

Como usar a voz durante uma apresentação?

“Ok, Lívia. Já entendi que a minha voz é um instrumento. Mas o que posso fazer para usá-la melhor?”. Como em todo instrumento, Speaker, existem algumas técnicas para usarmos a nossa voz durante um discurso e garantirmos que todos vão escutar o que temos a dizer.

O comunicador Julian Treasure separou algumas dessas técnicas para ajudar a todos que, como nós, querem se comunicar melhor. Não se preocupe, Speaker, essas dicas são simples e qualquer um de nós pode (e deve) usá-las. Veja só:

1. Encontre uma frequência confortável para a sua voz

Na hora de fazer uma apresentação, é importante encontrar um lugar confortável para falar. Assim, seu discurso soará mais natural e você evita problemas, como ficar rouco no meio do discurso!

Também é importante não abusar dos altos volumes. Falar em volumes médios e baixos é sempre melhor. Ok?

Todos nós temos um registro vocal, que é o intervalo em que nossa voz consegue chegar, desde os sons graves (aqueles mais grossos, sabe?) até os mais agudos (aqueles bem estridentes).

2. Use o timbre ideal

As pesquisas mostram que os ouvintes prestam mais atenção nas pessoas que usam vozes suaves. “Mas, Lívia, não nasci com voz suave. E agora?”. Oras, meu caro Speaker, falar com voz suave é uma habilidade. Logo, todos podem aprender a falar dessa maneira.

Para ter uma voz suave durante uma apresentação, há uma série de exercícios de postura e respiração. Você se lembra que já falamos sobre postura?

3. Varie o tom da sua voz

Você já ouviu a palavra “monótono”? Pois, bem. Essa palavra significa “um tom”. E é isso que devemos evitar nas nossas apresentações: falar o tempo todo sem alterar nosso tom de voz.

Quando variamos o tom da nossa fala, damos mais vida ao nosso discurso e, por consequência, atraímos a atenção de quem está assistindo. Por isso, procure sempre alterar um pouco seu tom de voz, mas de um jeito sutil. Esse recurso é ótimo e faz com que nossa apresentação fique mais atrativa!

4. Esteja atento ao ritmo da sua fala

Se você já conversou com alguém que fala muito rápido, provavelmente já sabe que é difícil prestar atenção em uma fala desse tipo, não é verdade? Falar com ritmo muito acelerado, além de demonstrar nervosismo e ansiedade, dificulta o entendimento do que estamos dizendo.

Quando usamos um tom mais lento, nossos ouvintes entendem que algo interessante está por vir e se mantêm atentos durante a apresentação. Sabe aquele ditado “a pressa é inimiga da perfeição”? Para a oratória, ele é totamente verdadeiro.

5. Saiba usar o silêncio

As pausas são muito importantes nas apresentações. Elas dão tempo para que os ouvintes assimilem o que foi falado e evitam que o raciocínio se perca em frases muito longas.

Não tenha medo de usar o silêncio, Speaker. Grandes comunicadores usam esse recurso para que seus discursos fiquem mais emotivos e interessantes! Você se lembra do que é preciso para ser um bom comunicador?

Como ter um discurso poderoso?

Agora já sabemos usar a nossa voz durante uma apresentação, certo? Mas o que fazer para ter um discurso poderoso? A forma como nos comunicamos é essencial, mas jamais podemos esquecer do conteúdo do nosso discurso.

Julian Treasure defininiu “os quatro pilares de um discurso poderoso”. Confira quais são eles:

1- Honestidade

Na hora de fazer uma apresentação, seja honesto. Fale com clareza e de modo direto. Quando você coloca verdade nas suas palavras, as pessoas assimilam melhor o que você diz. Por isso é tão importante conhecer bem o conteúdo da sua apresentação e se manter fiel à ideia que você deseja transmitir.

2- Autenticidade

O segundo pilar é a autenticidade. Seja você mesmo! Tentar ser o que não é ou falar sobre algo que você não domina ou não acredita é bastante negativo para o seu discurso. Seja você mesmo e confie naquilo que você deseja transmitir. Essa confiança chama a atenção de quem assiste e aumenta o interesse no seu discurso.

3- Integridade

Ser íntegro é fazer exatamente aquilo que você prega. Na hora de fazer uma apresentação, é preciso demonstrar coerêcia. Caso contrário, seus ouvintes desconfiarão de você e, logo, perderão o interesse em te ouvir.

4- Amor

O quarto e último pilar é o amor. Não o amor romântico, mas esse sentimento que faz com que alguém deseje o bem do seu próximo. Em um discurso, mostre empatia com as pessoas, fale de forma positiva e sempre pensando no bem-estar comum. Essas são atitudes que aumentam a carga de emoção do seu discurso e fazem com que você conquiste a empatia de seus ouvintes, o que diminui a resistência em relação ao que está dizendo. Ótimo, não?

Ufa! Teremos muito o que pensar hoje, não é, Speakers? Se você acha que precisa de ajuda para praticar todas as dicas que vimos no texto de hoje, matricule-se em um dos nossos cursos de oratória! Eles ajudam a desenvolver suas habilidades e dominar melhor a oratória. Te esperamos!

Martin Luther King no dia de seu discurso mais famoso acenando para o público