Como a comunicação revela detalhes sobre você?

Olá, Speakers! Como vocês estão?

Sempre falamos por aqui da enorme importância da comunicação para o crescimento profissional, não é verdade? Afinal, independentemente de qual seja a nossa profissão, saber se expressar de um modo assertivo é uma habilidade indispensável.

Mas não é apenas nessa área que a comunicação é um fator determinante. A forma como nos comunicamos revela muito sobre quem somos e isso, além de influenciar a nossa trajetória profissional, também traz impactos para o nosso dia a dia, nas relações com aqueles que nos cercam.

Ao aprimorar as habilidades de oratória, estamos, na verdade, impulsionando vários aspectos da nossa vida. Afinal, aquele que aprende a se expressar assertivamente fará isso em todas as situações e contextos – e não somente no trabalho.

Neste post, vamos falar um pouco mais sobre como a comunicação se relaciona com a nossa imagem pessoal, relevando detalhes sobre nós. Vamos lá?

O que é imagem pessoal?

Imagem pessoal é, basicamente, o que transmitimos aos demais. Poderíamos dizer que é algo parecido às tais “primeiras impressões”, que, segundo os ditados populares, são as que permanecem. Não acredito que, em todos os casos, a “primeira impressão é a que fica”, mas sei que, em muitas situações, as primeiras impressões que transmitimos aos demais impactam em nossa vida de uma forma bastante séria.

Um exemplo disso, talvez o mais fácil de entender, é a entrevista de emprego. Nem sempre logramos transmitir aos recrutadores quem realmente somos, já que temos um curto período de tempo para isso. Nesse contexto, a forma como nos comunicamos é um dos fatores que mais influenciam na imagem pessoal que transmitimos.

Outra situação – e que está fora do âmbito profissional – é o encontro amoroso. Hoje, cada vez mais, cresce o número de pessoas (de todas as idades) que utilizam aplicativos para conhecer novas pessoas. Depois das conversas virtuais, se encontram pessoalmente e, novamente, a imagem que um transmite ao outro é muito importante para que a relação continue ou termine aí mesmo, antes de começar.

Como a comunicação influencia nas impressões que causamos?

Para falar sobre isso, é interessante lembrarmos um tema do qual já abordamos aqui: o preconceito que há contra quem não sabe se comunicar bem. Esse preconceito existe e está relacionado ao fato de que a habilidade de se comunicar bem está intimamente relacionada com outras habilidades, como, por exemplo, conseguir organizar o raciocínio e ter domínio sobre o que se diz.

Podemos saber MUITO sobre um tema. No entanto, se não soubermos encontrar a forma ideal para falar sobre ele, causaremos a impressão de que não temos conhecimento suficiente.

Comunicação tem a ver com troca, como eu sempre faço questão de ressaltar aqui. Por isso, ter dificuldades em ouvir o outro, mesmo que seja porque as habilidades de oratória não estão aprimoradas, pode transmitir a ideia de que somos egocêntricos e que pensamos não haver nada para aprender.

Uma pessoa se comunica tanto pelo que diz quanto por COMO diz. Sendo assim, a linguagem não-verbal também revela detalhes sobre nós. Tanto é assim que nossos gestos e a forma como mantemos (ou não) contato visual podem mostrar se estamos mentindo ou não. Alguém que está mentindo geralmente não consegue manter contato visual. Seus gestos não estão em harmonia com a sua fala e a sua voz fica trêmula, fora de ritmo, com um tom diferente do normal e em volumes muito baixos.

Como uma boa comunicação melhora a sua imagem pessoal?

Da mesma forma que uma má comunicação pode revelar detalhes negativos sobre uma pessoa, a habilidade de se expressar com assertividade revela aspectos muito positivos. Aqueles que se comunicam bem transmitem a imagem de segurança e confiabilidade: os outros tendem a pensar que esse alguém é seguro de si e realmente sabe sobre o que está falando.

Além disso, quando as habilidades de oratória estão aprimoradas, sabemos escutar mais aqueles que nos rodeiam, o que faz com que os outros nos vejam como uma pessoa empática, aberta ao diálogo e apta ao trabalho em equipe.

Seja no âmbito pessoal ou profissional, conseguir organizar o raciocínio e se comunicar de forma clara e eficaz são capacidades que contribuem para que as pessoas nos percebam como quem sabe o que diz, que tem firmeza para defender seus argumentos e, ao mesmo tempo, tem capacidade de ouvir opiniões contrárias com equilíbrio.

Por tudo isso, Speakers, comecem o quanto antes a investir em suas habilidades de comunicação. Como eu sempre digo aqui na The Speaker, saber se comunicar é ter um enorme poder nas mãos!

Avalie este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami