Como dar feedbacks produtivos e motivadores?

Saber como dar feedbacks produtivos e motivadores é importante para qualquer líder de empresa. Mesmo que a maioria dos colaboradores tema o feedback, ele é fundamental para o desenvolvimento da equipe.

Porém, para que os resultados sejam bons, os líderes devem estar preparados para realizar o feedback. Todas as avaliações devem ser levadas a sério, tanto por parte da gestão quanto dos colaboradores da empresa.

Para dar feedbacks produtivos e motivadores, especialistas recomendam perder o peso negativo que essa ação possui na empresa. Além disso, não fale somente sobre o desempenho do colaborador, mas também o que deve ser feito para alcançar os resultados.

Quer saber mais sobre isso? Veja a seguir e tenha uma boa leitura!

Qual a importância de feedbacks produtivos e motivadores?

A maioria das corporações está percebendo que para ter mais autonomia e produtividade na empresa os colaboradores devem se sentir motivados. Porém, para alcançar esse objetivo, os líderes não podem parar de dar feedbacks.

Pelo contrário, mesmo que esse processo seja temido por muitos, o feedback é importante para criar uma comunicação clara e construtiva. Ou seja, para alcançar o sucesso dentro da empresa, é importante saber como dar feedbacks produtivos e motivadores.

Em alguns casos, o colaborador está concentrado e focado realizando o trabalho, quando percebe que o estava fazendo errado. O motivo disso acontecer é a negligência por parte dos líderes da empresa, que não acompanham o trabalho com a equipe e não fornecem feedbacks.

Para que a empresa obtenha um bom desenvolvimento, os líderes devem descobrir formas de dar feedbacks construtivos. Isso auxilia os colaboradores a transformarem os erros em oportunidades para melhorar.

Como fornecer feedbacks relevantes?

Os feedbacks produtivos e motivadores podem transformar o trabalho de um colaborador em um determinado momento, pois apenas as palavras têm um grande poder de transformação. Veja a seguir algumas dicas.

1. Faça comentários de crescimento

Na maioria das situações, a pergunta de como elaborar feedbacks produtivos e motivadores vem do líder, não do colaborador. Afinal, se trata de uma conversa que envolve o crescimento profissional.

Atualmente, os colaboradores gostam de ouvir comentários construtivos dos líderes. Eles devem ser feitos em conversas que envolvem a correção no desempenho do colaborador, visando melhorias na produção de seu trabalho.

Porém, os comentários positivos não devem ser esquecidos, pois eles também auxiliam no desenvolvimento profissional do funcionário e consequentemente no resultado da empresa. Isso porque, os líderes apontam quais são os pontos fortes e que podem ser consolidados.

Enquanto isso, os comentários de crescimento envolvem uma parte que ainda deve ser melhorada por parte dos colaboradores. Enfim, os líderes devem dar comentários positivos e de crescimento, não deixando nenhum de lado.

2. Faça uma descrição da situação

As pessoas têm a necessidade de saber todo o contexto e o embasamento que está sendo comentado sobre elas. Para dar um feedback aos colaboradores, os líderes devem fazer uma descrição da situação.

Isso significa que eles devem falar sobre o que está acontecendo, seja relacionado ao comportamento ou à produção. Além disso, é importante manter a postura, não se deixando levar pelas emoções.

Lembre-se de ir direto ao ponto durante a conversa. Também é importante deixar o colaborador à vontade, ou seja, mostrar que não há necessidade de ficar na defensiva no momento do feedback.

3. Leve em consideração a personalidade do colaborador

Mesmo que algumas diretrizes auxiliem no momento de dar feedbacks produtivos e motivadores, existe algo que pode ajudar ainda mais: conhecer a personalidade de cada um.

Afinal, ao conhecer essas características, os líderes podem ajustar a conversa e torná-la mais eficiente. Quando o feedback é de crescimento, mas o líder encontra uma maneira de adaptá-lo ao perfil comportamental do colaborador, ele será o mais produtivo possível.

Algumas pessoas gostam de receber comentários na frente de todos, por exemplo, para discutir no mesmo momento. Por outro lado, existem aqueles que preferem uma reunião particular ou por um e-mail. Tudo isso depende da personalidade de cada um.

4. Não se concentre nos erros, mas nas melhorias

A maioria das pessoas tem receio de receber feedbacks, pois os consideram como uma repreensão. E, na verdade, eles não devem ser vistos de tal forma. Ao invés de se concentrar no erro que aconteceu, ofereça melhorias para o futuro.

O líder não deve falar “isso não deu certo”, por exemplo, mas sim “da próxima vez, faça tal ajuste na tarefa”. Lembre-se de que as falhas devem ser vistas como uma forma de melhoria e aprendizado.

5. Mostre empatia durante o feedback

Para amenizar o clima de tensão que pode surgir no escritório, uma recomendação é mostrar empatia, principalmente se o feedback é construtivo. Além disso, lembre-se de ser sincero ao usar as palavras.

Mesmo que o feedback seja construtivo, isso não significa que a conversa deva ser dura ou rigorosa. Afinal, é importante mostrar para o colaborador que você está ali para auxiliá-lo, ajudando-o a crescer profissionalmente.

6. Apresente quais foram os resultados

Para dar o feedback corretamente aos colaboradores, o líder deve ter em mãos todos os resultados da empresa, assim como o comportamento e a performance que interferiram negativamente.

Porém, não exagere nas reações, lembre-se de sempre mostrar empatia para que os colaboradores não se sintam intimidados. E, a partir disso, proponha mudanças no comportamento.

7. Pergunte a opinião do colaborador

Os líderes não precisam estar com a palavra durante toda a reunião. Para incluir o colaborador na conversa, deixe que ele mostre a opinião dele sobre o assunto. Essa é a melhor maneira de tornar os feedbacks produtivos e motivadores entre a equipe.

Qual é a importância dos feedbacks construtivos para os colaboradores?

Uma estratégia muito interessante é recorrer aos feedbacks do seu desempenho. Como citado anteriormente, isso pode ser feito através de perguntas sobre as informações passadas.

Para tornar os feedbacks produtivos e motivadores, pergunte se as questões passadas ficaram esclarecidas. Além disso, se houver alguma dúvida, não deixe de responder novamente.

Ao perguntar sobre o seu trabalho, é possível aplicar melhorias a longo prazo. Isso faz com que os temas abordados sejam claros e eficazes nas próximas vezes.

Também é possível perguntar a mais ou menos 10 colaboradores como está se saindo em seus feedbacks. Lembre-se de solicitar exemplos e detalhes específicos. Afinal, assim como qualquer pessoa, os líderes também podem e devem mudar a forma com que trabalham.