Equals – Quando eu te conheci

Quando eu te conheci

Bom dia, Speakers! Hoje vamos falar sobre o filme “Equals” (e mais uma tradução ineficaz pro Português: “Quando te conheci”).

Adoro filmes que nos deixam uma interrogação ao final. Que nos fazem pensar e refletir sobre coisas que já não nos questionamos mais. É o caso deste filme.

Com um tom futurístico, “Equals” aborda um assunto que eu já venho observando em outros filmes e seriados: a emoção, a capacidade de sentir, e de expressar sentimentos. (“O doador de memórias” é um outro filme que aborda esse assunto).

Imagine um mundo onde quem sente emoções é diagnosticado como doente. O padrão é não ter sentimentos, nem alguns dos sentidos, como cheiro, tato e paladar.

Silas (Nicholas Hoult) e Nia (Kristen Stewart) protagonizam esse filme em uma atuação magnífica, onde é possível vermos o sentimento do casal aparecer em uma cadência extremamente delicada. Cada olhar, cada respiração, cada toque, é mostrado de uma maneira lindamente sutil.

A reflexão que trago aqui sobre esse filme é o quanto nós não somos também de certa forma treinados para ignorar sentimentos? Sempre falo das “máscaras do corporativismo” e, ao meu ver, ao longo dos anos fomos sim instruídos à não demonstrar sentimentos, não ter emoções. E não me espanta todas as vezes preciso dizer aos meus clientes que o grande desafio em suas apresentações é serem eles mesmos, serem espontâneos. Ao subir no palco todos parecem “robôs massificados” (boa parte disso eu culpo as tais regrinhas de oratória), parece difícil “ser eu mesmo” quando falo para um grande grupo.

Recomendo o filme para quem quer refletir um pouco sobre sentimentos e emoções. Sigo minha busca cada vez mais profunda em sentir de maneira livre, trazendo para a consciência o que fomos ensinados a ignorar. Por menos “engole o choro” e mais “senta aqui, me abraça, me fala o que você está sentindo”. Pela livre expressão.

Assista aqui o trailer desse filme.

Avalie este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami