Oratória para gravação de videos – Prenda a atenção!

Olá, Speaker!

Você já precisou falar em frente às câmeras e não soube como agir? Bem, isso tem acontecido com muitos comunicadores, mas não é motivo para desespero. Com dedicação e a orientação adequada, todos nós podemos aprender as técnicas da oratória para vídeos.

Pensando nisso, na nossa conversa de hoje, separamos umas dicas e técnicas super importantes para que você consiga se sair bem na próxima gravação. Vamos ao trabalho?

Por que aprender a falar em frente as câmeras?

Oras, meu caro Speaker, dominar as técnicas básicas da oratória para gravação de videos é uma habilidade que todo comunicador deve ter. Hoje em dia, com as redes sociais, cada vez mais precisamos compartilhar conteúdo em vídeo, seja por trabalho, estudos ou até mesmo por lazer.

Você provavelmente já viu alguma vaga de emprego em que o RH pede uma pequena apresentação em vídeo junto ao currículo, não? Essa nova tendência já foi adotada por muitos recrutadores que, desde o começo da seleção, analisam as habilidades comunicativas dos candidatos.

E não para por aí. Mesmo quem já tem um emprego garantido precisa começar a se familiarizar com as câmeras. É muito comum que as empresas solicitem gravações em vídeo para treinamentos internos ou mesmo para divulgação da marca. É isso mesmo, Speakers, algumas empresas já deixaram de contratar atores para essa função!

Vamos resumir e deixar o mais claro possível: se você é bom em algo, terá que compartilhar esse conhecimento mais cedo ou mais tarde. E é muito provável que tenha que fazer isso em frente a uma câmera.

Estou acostumado com apresentações em público, então quer dizer que já sei falar em frente às câmeras?

Nem sempre, Speaker. Existem conceitos que são específicos para videos, que vão desde o cenário e a roupa que você usa até aspectos sobre enquadramento e posicionamento.

Bom, é claro que a sua experiência em apresentar-se em público é muito válida. Se você já está acostumado a falar para dezenas de pessoas ao vivo, será mais fácil sentir-se cômodo na hora de gravar.

O que acontece, Speaker, é que existem pessoas que são excelentes falando em público, mas se travam quando vêem uma câmera. Isso é muito mais comum do que imaginamos, sabia?

O medo das câmeras pode ser bastante prejudicial para gravar bons vídeos. Se você tem esse medo, é hora de começar a fazer as pazes com as lentes e microfones, ok?

O que devo saber para falar em frente às câmeras?

Bom, já temos consciência de que ser bom em algo não significa necessariamente que sabemos gravar um vídeo sobre esse assunto, não é verdade? Então, o que fazer numa gravação em vídeo? Separamos algumas dicas e técnicas básicas. Confira!

Escolha a roupa certa

Se a escolha da roupa é um item importante nas apresentações em público “face a face”, para os vídeos ela é ainda mais necessária. O cenário de um vídeo é mais fechado, então o seu público tende a prestar atenção no que você veste.

Pensando nisso, use roupas mais discretas e evite que as pessoas se distraiam. Por exemplo: se você usa uma roupa cheia de desenhos ou frases, quem assistir ao seu vídeo prestará atenção nesses detalhes e é bem provável que não escutem o que você está dizendo.

Aqui, vale a regra “menos é mais”, ok?

Tenha cuidado com a sua postura

A linguagem corporal faz toda a diferença quando nos apresentamos em público. Nas gravações em vídeo, a atenção deve ser redobrada. Seja sentado ou em pé, procure manter a sua postura correta, evitando que sua coluna fique “encurvada”.

Uma boa postura transmite segurança, emagrece em frente às câmeras (é sério!) e causa boa impressão. Além disso, ajuda a controlar a respiração e o nervosismo, fazendo com que sua fala soe natural e interessante.

Fuja dos scripts e das falas decoradas

Decorar as falas não é nada legal, certo, Speakers? E isso vale tanto para apresentações face a face como para gravações em vídeo. A melhor solução é sempre estudar o que e como você vai falar.

Quando você decora suas falas, aumenta o seu nervosismo, prejudica a sua performance e faz o seu discurso soar super artificial. Tente ser o mais espontâneo possível, ok? Uma boa dica é fazer um roteiro com as palavras-chave do que você deseja falar. Assim, você não se perde e não precisa passar horas decorando o conteúdo, certo?

Esteja atento ao cenário e ao enquadramento

Antes de começar a sua apresentação em vídeo, confira o cenário e o enquadramento que o seu câmera man escolheu. Garanta que tudo esteja coerente com o tema e o grau de formalidade da sua apresentação, ok?

Por exemplo: se você vai falar sobre finanças e o seu cenário está cheio de plantas ao fundo, o seu vídeo não ficará tão legal quanto poderia. Sempre que possível, escolha cenários neutros e enquadramentos mais fechados, está bem? Tudo isso ajuda a ter um bom vídeo.

Prenda a atenção do público do começo ao fim

Os vídeos geralmente devem ser curtos, interessantes e diretos. Por isso, sempre que possível, tente usar frases mais curtas e fáceis de compreender.

Vamos refletir juntos, Speakers. Numa apresentação em público, dificilmente as pessoas levantarão e irão embora antes do fim da sua fala, certo? Por mais que estejam distraídas, elas ficarão até o final e você pode recuperar a atenção delas em qualquer momento.  

No vídeo, isso não acontece. Se você perde o interesse do público, esse público simplesmente fecha a janela e deixa de assistir ao seu vídeo. É preciso, então, garantir que sua fala seja interessante durante TODO o vídeo, ok?

A The Speaker auxilia empresas e profissionais que desejam aprimorar suas técnicas de oratória em vídeo. Você já leu o texto em que contamos uma de nossas experiências?

Se você também quer receber essa ajuda direta, entre em contato conosco. Se preferir, inscreva-se em um dos nossos cursos de oratória! Te esperamos!

5 (100%) 2 votes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami