Sete erros comuns na hora de fazer uma apresentação

Speakers, tudo bem com vocês?!!!

Vocês já devem ter lido vários textos que orientamos um pouco sobre o que fazer para termos uma apresentação de sucesso.

Muito bem, hoje falaremos sobre o que NÃO DEVEMOS FAZER em uma apresentação. Existem erros que podem comprometer sua apresentação, e você, meu caro Speaker não pode falhar, certo?!

1- Não olhar para seu público

Pessoal, eu sei que muitos de vocês dizem que é difícil olhar para o público. Alguns clientes me dizem: “Lívia, se eu vejo alguém conversando ou bocejando isso me desconcentra, por isso prefiro olhar para um ponto fixo no fim da sala”. Bom, esse é um grande erro. Precisamos sim, olhar para nossa plateia por dois motivos:

– Para que eles se sintam olhados. O contato visual cria conexão com as pessoas, ninguém gosta de conversar com alguém que não mantém contato visual.

– Para recebermos feedback da plateia. É super importante que observemos como a nossa audiência está se comportando. Se em algum momento da apresentação você percebe as pessoas mexendo no celular, conversando ou distraídas, isso é sinal que sua apresentação está chata. O que fazer? Mude! Mude seu tom de voz, a velocidade de fala, mude de lugar do palco, mude de assunto, coloque mais energia no que você está falando… enfim, MUDE! Sempre que perceber distração em seu público.

2 -Não saber fazer uma introdução impactante.

Sabemos que a introdução é o momento mais importante de nossa apresentação. Devemos então saber e-xa-ta-men-te o que iremos falar nos primeiros minutos de nossa apresentação. Além de ser o mais importante, sabemos que este momento é também o mais difícil para todos que sentem desconforto em fazer apresentações. Então, memorize como você irá iniciar sua apresentação e faça isso de maneira assertiva! Chame atenção para o assunto, surpreenda seu público!

3- Ficar parado o tempo todo. Ou ficar andando o tempo todo sem nenhum sentido.

Pessoal, saber como podemos nos movimentar para utilizar o espaço que temos ali na frente é fundamental. Existem técnicas específicas que nos ensinam como deveria ser nossa movimentação no palco. Ficar parado como uma árvore sempre no mesmo ponto pode ser algo que diminui a atenção da plateia. Principalmente se o palco em que você está se apresentando é grande. Você precisa se mexer.

Mas o outro erro é ficar andando pra lá e pra cá sem qualquer sentido. Isso distrai nosso público. Ao invés de se concentrarem no que estamos falando, a audiência irá se perder em sua movimentação. Por isso é importante sabermos as técnicas de apresentação. Movimente-se na hora certa!! (Quer saber como se movimentar no palco? Assista aqui nossa aula demonstração que disponibilizamos do nosso curso online de oratória.

Presentation GIF - Find & Share on GIPHY

4- Falar de assuntos difíceis com expressão facial neutra.

Em nosso dia a dia na The Speaker, assistimos inúmeras apresentações, e é mesmo impressionante como as pessoas acabam se acostumando com seus próprios assuntos. Médicos falam sobre câncer, advogados sobre crimes assustadores e economistas sobre crises financeiras em suas empresas e todos… Com cara de pastel! Como se aquele assunto fosse algo comum, que não assusta ou preocupa as pessoas…

Este é um erro muito comum. Você irá falar sobre o tratamento que fez em um paciente que sofria de muita dor? Expresse isso através de sua face. Contraia os músculos faciais, feche sua expressão, crie empatia com sua audiência. Especialmente se eles não são da mesma área que você, pois com certeza ficarão emotivos ao ouvir você falar sobre um assunto triste como este.

Blooper Lol GIF by vrt - Find & Share on GIPHY

5- Não dar atenção às questões áudio visuais, cabos e eletrônicos.

Muitos clientes acabam tendo problemas no dia da apresentação porque não se preocuparam em saber se deveriam enviar sua apresentação para o organizador do evento, se a saída de seu computador é compatível com o aparelho de projeção (VGA, HDMI etc), se terá um laser pointer para que você mude seus slides sem ter que ficar próximo ao computador, etc. Sempre dizemos que este tipo de checagem é algo que o apresentador deve fazer. Comumente vejo nossos clientes falando que isso é obrigação do organizador do evento. Mas o que falamos é, caso o organizador não seja cuidadoso, quem vai ser o maior prejudicado no fim das contas? Isso mesmo, você, meu caro Speaker. Por isso, atenção!

https://giphy.com/gifs/fail-fall-stage-gQ56AP98mbex2

6- Não disponibilizar seus contatos ao final da apresentação.

Uma apresentação pode ser um momento incrível para criar relacionamentos. Você foi lá e fez uma apresentação brilhante! Agora várias pessoas querem conversar melhor com você, mas… Você não disse como podem contatá-lo. Qual a melhor maneira de fazerem isso? Através de seu email, celular, Linkedin? Ao final das apresentações disponibilize seus contatos para que as pessoas possam contatá-lo.

7- Não ensaiar a apresentação antes e contar o tempo.

Normalmente os organizadores de eventos orientam o apresentador com relação ao tempo que ele terá para se apresentar. Aproveite o momento onde você ensaiará a apresentação e ligue seu cronômetro.  Procure deixar 5 minutinhos de folga para você apresentar tranquilamente. Não faça como muitos clientes que assistimos, que acham que têm muito assunto e pouco tempo para falar e resolvem falar rápido demais. Nunca compense o excesso de conteúdo com a velocidade da sua fala, isso só irá atrapalhar seu desempenho. Esse erro é muito comum, já assistimos diversas apresentações onde o microfone foi até cortado porque o apresentador não respeitou o tempo estipulado… Por isso, atenção ao tempo!

https://giphy.com/gifs/fail-fall-stage-QiprsOrkGG4dW

 

E por fim, uma dica adicional no vídeo que gravei:

 

Speakers, não se esqueçam que saber fazer boas apresentações é um processo… É algo que leva um tempo para desenvolver. A coisa mais importante é recebermos conteúdo e conhecimento sobre o assunto, depois praticar, praticar e sempre nos observarmos. Aprender, testar coisas novas, ver se funciona… O aprendizado não acaba nunca. Ao final de cada apresentação peça para que algum colega lhe dê um feedback sincero sobre os pontos que você poderia melhorar. Assista a vídeos de apresentações que podem lhe inspirar, pesquise e encontre seu estilo. Só assim poderemos ter uma comunicação de verdade.