Como abordar assuntos polarizados?

Livia Bello

| CEO The Speaker

Muito prazer, meu nome é Lívia Bello, sou CEO e Fundadora da The Speaker, uma empresa que é referência em comunicação e oratória no Brasil.

Search

Últimos Posts

Como abordar assuntos polarizados?

Provavelmente, você já percebeu que a polarização está cada vez mais presente no dia a dia. Não é difícil encontrá-la nas redes sociais, em debates políticos, em ambientes acadêmicos e até no trabalho. Mas e um bom comunicador? Como ele deve abordar assuntos polarizados?

A verdade é que por mais que um orador, um líder ou um comunicador esteja em um dos extremos da polarização, ele não deve (e nem pode!) assumir um dos lados. A não ser, claro, que aquele seja o seu objetivo.

Contudo, a comunicação é muito ampla e, por mais que uma pessoa fuja de assuntos polarizados, eles podem surgir quando ela menos espera. Então, a melhor forma de lidar com isso é estando preparado.

Neste texto, você vai entender um pouco mais sobre como a polarização e a comunicação estão relacionadas e qual é a melhor forma de abordar alguns assuntos sem atingir nenhum dos extremos da polarização. Continue conosco!

O que é polarização?

A polarização pode ser definida como a divisão de um coletivo em dois grupos que divergem a respeito de determinado tema. Contudo, o problema não é divergir e, sim, não aceitar debates, não ouvir o outro lado e, em nenhuma hipótese, mudar de opinião.

Um exemplo bem prático e que está muito presente no Brasil é a polarização política. É muito comum vermos pessoas totalmente divididas para defender as ideias de determinado político com unhas e dentes. É como se existisse apenas o candidato “A” e o candidato “B”. Dessa forma, todas as pessoas, automaticamente, precisam assumir um lado.

Nesses casos, as alternativas “C”, “D” e “E” são totalmente invisíveis. Em outras palavras, não há espaço para outras colocações. Nenhum dos “lados” assume que todos os candidatos têm pontos fortes, pontos fracos, ideias boas e outras nem tão boas assim.

E isso não acontece apenas com a política! É muito comum vermos situações semelhantes no futebol, em assuntos sensíveis, em determinados temas, etc. E, assim, tópicos que poderiam ser discutidos adequadamente viram uma grande polêmica.

Como a polarização e a comunicação estão diretamente relacionadas?

Talvez você esteja se perguntando: “Mas o que a polarização tem a ver com a comunicação?” E nós podemos te responder com uma só palavra: “Tudo!”

A comunicação é definida como um processo de troca de informações entre dois interlocutores ou mais, certo? Então, quando ocorrem discussões, falas ou discursos com o intuito de abordar assuntos polarizados, a comunicação e a polarização andam lado a lado.

Além disso, hoje em dia, as informações circulam muito rápido e estão em todos os lugares. Sendo assim, é praticamente impossível que assuntos polêmicos e polarizados não entrem em rodas de conversas, em encontros familiares, em almoços entre amigos, etc.

E se as pessoas não souberem debater com cautela e se comunicar adequadamente, o que era um assunto simples pode se tornar uma briga enorme.

Dá para fugir da polarização ao se comunicar?

Certamente, em algumas ocasiões será preciso abordar assuntos polarizados. Porém, há momentos em que é necessário deixar a polarização de lado e focar no que realmente importa.

Suponhamos que um profissional que é referência em vendas está fazendo uma palestra. Como é um tema amplo, na plateia, com certeza, há pessoas que pensam muito diferente sobre diversos assuntos.

Continuando a suposição, em determinado momento, uma pessoa pergunta sobre uma lei polêmica que dificulta a venda do produto Y. E é aí que surge um dilema: como é um assunto polêmico, o palestrante não pode criticar e nem defender a lei ou a palestra pode desviar totalmente o foco.

Nesses casos, ele pode driblar essa situação de algumas formas simples:

  • Evitando julgamentos: afinal, a ideia ali é falar como a lei impactou as vendas do produto e não debater se está certa ou errada;
  • Focando em dados: nada de emitir opinião pessoal nesses casos. O ideal é usar dados, fatos e informações relevantes para falar sobre o tema;
  • Esquecendo a “maioria”: por mais que a maioria das pessoas que estejam ali discordem ou concordem, ele não pode ceder. É necessário focar no assunto;
  • Usando recursos da comunicação não-violenta: ou seja, ouvindo, falando sem agressividade e planejando bem as respostas.

Então, respondendo à pergunta: sim, é possível fugir da polarização enquanto se comunica.

Como abordar assuntos polarizados de forma adequada?

Por mais que algumas pessoas tentem evitar, é comum ter de abordar assuntos polarizados em algumas situações. E isso não é um problema, desde que eles sejam abordados de forma adequada.

Separamos algumas dicas de como falar sobre esses temas sem se inserir na polarização ou ofender algum dos lados extremos. Confira a seguir!

1. Seja empático

Quando se trata de assuntos polêmicos ou polarizados, a empatia se faz extremamente necessária. Colocar-se no lugar do outro ajuda a entender as ideias dele, o porquê daquele ponto de vista e ainda apontar seus pensamentos de forma mais adequada, sem ofendê-lo.

2. Evite dar a sua opinião

Exceto em ocasiões muito específicas, evite dar a sua opinião ao abordar assuntos polarizados. Se você falar sobre o que acredita, há grandes chances de comprar uma “briga” com o outro lado. A intenção é falar de forma “neutra”, trazendo dados e informações relevantes sobre o tema, sem levar apenas a sua opinião em consideração.

3. Foque na informação

Esqueça o lado “A” e o lado “B” e foque apenas na informação. Evite defender as ideias de um dos extremos para não parecer que você está se deixando levar pela polarização. Estude o assunto como um todo e deixe todas as suas crenças (e a dos outros) de lado.

4. Esteja aberto para entender todos os lados

Por fim, esteja aberto para ouvir e falar sobre opiniões diferentes das suas. É comum que algumas pessoas acabem se apegando tanto a uma ideia que nem tentam compreender as outras. Não aja assim! Pratique a escuta ativa, abra a mente para outros pontos de vista e lembre-se que nenhuma verdade é absoluta.

Nosso blog

Últimas postagens

Oratória em Diversos Contextos

A oratória é uma habilidade versátil e essencial em vários aspectos da vida, desde o ambiente profissional até eventos sociais e políticos. Cada contexto apresenta

Ler mais »

Técnicas de Retórica Clássica

A retórica clássica, desenvolvida na Grécia e Roma antigas, é a arte de usar a linguagem de maneira eficaz e persuasiva. Muitas das técnicas desenvolvidas

Ler mais »