Cuidado com os desastres da comunicação

Saber se comunicar bem é fundamental tanto de forma interpessoal quanto nos ambientes corporativos.

No entanto, para isso é necessário falar com clareza e deixar uma mensagem explícita para quem ouve. Dessa forma não ocorre os famosos desastres na comunicação, ou falhas de comunicação.

Para entender mais sobre esses desastres e como evitá-los continue a leitura deste artigo e saiba mais. Boa leitura

O que é falha na comunicação?

Uma comunicação precisa ser bilateral, situação em que a pessoa que ouve precisa entender o que está sendo transmitido. Quando esse fluxo não ocorre, os ruídos na comunicação, que são ocasionados por interferências que dificultam a compreensão da sua mensagem, podem ocasionar distorções, tornando assim a sua comunicação um desastre.

Qual a importância de identificar possíveis ruídos na comunicação?

Apesar de em alguns momentos passarem despercebidos, os ruídos na comunicação podem ocasionar grandes desastres da comunicação, quando não identificados.

E as falhas no ambiente organizacional podem acarretar sérios prejuízos, bem como interferir na produtividade do time e motivação dos colaboradores.

Dessa forma é fundamental identificar e evitar essas falhas, para que se tenha uma comunicação mais efetiva e clara.

Por que os desastres da comunicação devem ser evitados?

Criar um fluxo de comunicação com outras pessoas ou até mesmo no ambiente de trabalho irá proporcionar que você crie conexões mais sólidas, ricas e saudáveis.

É por meio de uma boa comunicação que se torna possível se expressar ou externar ideias, pensamentos e opiniões.

Sendo que em uma comunicação desastrosa é muito comum que se tenha uma grande incidência de conflitos, tornando a relação mais desgastante e cansativa.

Por isso é fundamental que aprender a se comunicar bem em qualquer relação, seja interpessoal ou profissional.

Como evitar os desastres da comunicação?

A arte de falar bem é uma técnica que pode ser aprendida e treinada para que se aperfeiçoe cada vez mais. E para melhorar a comunicação e evitar os ruídos possíveis de acontecer, é preciso adotar algumas práticas. Confira-os.

Conheça seu público e adéque a sua linguagem

Quando se trata de público é normal que as pessoas associem  o assunto ao marketing, sendo que para o marketing, o público é um conjunto de pessoas que se encaixa nas características presentes na empresa.

Sendo assim, em uma comunicação profissional ou até mesmo interpessoal, mesmo que o objetivo não esteja relacionado com vendas, é importante que você conheça seu ouvinte e adéque sua linguagem para tornar a compreensão da sua mensagem mais fácil, evitando falhas.

Dessa forma é importante verificar com atenção a linguagem utilizada, avaliando se cabe o uso de gírias ou jargões, bem como saber com quem você deve se comunicar.

Reflita antes de falar

É fundamental que o indiciado pense antes de começar a falar, pois fatores como emoções positivas ou negativas podem acabar interferindo. Por isso busque ponderar antes de falar, para não ter atitudes por impulso.

Tenha uma boa dicção

Falar bem é fundamental. Dessa forma a pronúncia das palavras devem ser feitas de forma correta para evitar dificuldades de compreensão.

A dicção é uma habilidade que pode ser treinada e aperfeiçoada realizando exercícios de pronunciar bem as palavras com regularidade, e lembre-se de que uma boa dicção também depende de uma boa respiração.

Por isso, lembre-se de respirar quando estiver comunicando. Assim você evita pronunciar palavras de forma errada e causar um desastre na comunicação.

Domine o assunto

Para expor uma ideia, assunto ou opinião é importante que você domine o conhecimento sobre tema sendo capaz de argumentar de forma embasada, como também esclarecer possíveis indagações que o ouvinte pode fazer.

Transmita confiança

Na hora de se comunicar seja com um colega de trabalho ou amigo é fundamental transmitir segurança, isso irá promover mais credibilidade e segurança para quem é ouvinte. A confiança é um fator gerado por meio de outros aspectos, sendo eles: o domínio do assunto e o conhecimento do seu público, que são essenciais, além de se comunicar com mais clareza.

Fale corretamente o português

Estar atento a como é a pronúncia correta das palavras é um dos fatores mais importantes. Afinal, pronunciar as palavras erradamente pode acabar distorcendo a comunicação e ocasionando desastres.

Além dessa dica, você também pode se atentar a aspectos como a ética e a sua postura, lembrando de posicionar seu corpo de forma adequada.

Aplicando essas atitudes é possível obter uma comunicação assertiva e eficaz, aumentando assim a clareza das informações transmitidas.

Quais os principais erros que ocasionam desastres na comunicação?

As principais práticas podem acabar ocasionando ruídos na hora de se comunicar dificultando ou interferindo a compreensão ou recepção de ideias.

Confira quais são alguns dos principais erros na comunicação.

Ambiguidade

A ambiguidade consiste no emprego de palavras que possuem dois sentidos, podendo assim ocasionar falhas na comunicação.

Redundância

É a repetição de uma mesma ideia de forma desnecessária, prejudicando a compreensão da mensagem.

Obscuridade

A obscuridade se trata de uma comunicação em que não é possível se ter clareza, se tornando assim a mensagem incompreensível.

Incoerência

Quando uma informação é  contraditória a uma mensagem anterior, deixando a mensagem confusa.

Além desses é possível citar outros exemplos que podem ocasionar erros, ou desastres na comunicação, como:

A habilidade de se comunicar é inata ao indivíduo, dessa forma desde que nascemos utilizamos palavras, gestos e sons para nos comunicarmos.

Uma boa comunicação é resultado de uma habilidade que deve ser praticada e aperfeiçoada, para que os ruídos possam ser minimizados. Ela se torna eficiente quando o receptor conseguiu compreender o que foi comunicado sem qualquer dificuldade ou interferência externa.

No entanto, apesar de serem comuns, as falhas na comunicação precisam ser evitadas, independente de qual seja o ambiente. Se comunicar bem é fundamental para todo contexto.

A habilidade de falar bem deve ser praticada, pois dessa forma é possível reduzir os ruídos inerentes ao ato comunicacional e ter uma comunicação eficiente, clara e objetiva.