Intensidade de voz ou som

Livia Bello

| CEO The Speaker

Muito prazer, meu nome é Lívia Bello, sou CEO e Fundadora da The Speaker, uma empresa que é referência em comunicação e oratória no Brasil.

Search

Últimos Posts

Comunicação Magnética

Comunicação magnética refere-se à habilidade de atrair e manter a atenção das pessoas de forma eficaz, fazendo com que se sintam engajadas e conectadas com

Ler mais »

Intensidade de voz ou som

O timbre é o que torna uma voz única, a intensidade se refere ao volume do som e a frequência indica a altura tonal. Juntos, esses elementos contribuem para a complexidade e individualidade da voz humana.

O timbre, a intensidade e a frequência vocal são três elementos fundamentais que distinguem e caracterizam a voz humana de cada indivíduo. Aqui está a diferença entre eles:

  1. Timbre: O timbre é a qualidade única da voz que permite diferenciar entre vozes distintas, mesmo quando elas estão produzindo a mesma nota musical ou palavra. Ele é o que torna uma voz reconhecível e única, sendo influenciado pela forma das ondas sonoras geradas pelas cordas vocais e ressonância nas cavidades do corpo. Assim, quando você ouve uma pessoa falar ou cantar, é o timbre que a distingue de outras pessoas, mesmo que ambas estejam emitindo o mesmo som.
  2. Intensidade: A intensidade se refere ao volume do som produzido. É o que percebemos como “alto” ou “baixo”. A intensidade vocal é determinada pela amplitude das ondas sonoras, ou seja, a altura das vibrações da onda. Uma voz intensa é mais alta em volume, enquanto uma voz suave é mais baixa. É importante ajustar a intensidade da voz para diferentes contextos, como conversas normais ou apresentações públicas.
  3. Frequência: A frequência vocal se relaciona com a altura tonal do som produzido. Ela é medida em hertz (Hz) e determina se um som é agudo ou grave. Frequências mais altas correspondem a sons agudos, enquanto frequências mais baixas correspondem a sons graves. A frequência vocal está relacionada à velocidade das vibrações das cordas vocais: vibrações rápidas geram sons agudos e vibrações lentas geram sons graves.

Como melhorar e preservar a voz

Preservar a voz é importante para garantir a saúde vocal a longo prazo, especialmente se você usa sua voz com frequência, como cantores, professores, palestrantes e atores. Aqui estão algumas dicas para ajudar a preservar a voz:

  1. Hidratação: Recomenda-se beber cerca de dois litros de água ao longo do dia para manter as pregas vocais hidratadas.
  2. Bocejo e Espreguiçar: Bocejar e alongar ajudam a aliviar a tensão acumulada na área da laringe.
  3. Alimentação Consciente: Evitar alimentos que possam causar pigarro, como leite, chocolate e bebidas com gás.
  4. Sono Regular: Manter um padrão regular de sono para garantir o bom estado das pregas vocais.
  5. Evitar Sobrecargas Vocais: Evitar gritar ou cochichar excessivamente para não sobrecarregar as cordas vocais.
  6. Alimentos Adstringentes: Consumir alimentos como maçã e salsão, que possuem propriedades adstringentes, contribui para limpar a garganta e melhorar a dicção.

 

 

Nosso blog

Últimas postagens

Comunicação Magnética

Comunicação magnética refere-se à habilidade de atrair e manter a atenção das pessoas de forma eficaz, fazendo com que se sintam engajadas e conectadas com

Ler mais »

Oratória em Diversos Contextos

A oratória é uma habilidade versátil e essencial em vários aspectos da vida, desde o ambiente profissional até eventos sociais e políticos. Cada contexto apresenta

Ler mais »