Voz trêmula na hora de falar

Livia Bello

| CEO The Speaker

Muito prazer, meu nome é Lívia Bello, sou CEO e Fundadora da The Speaker, uma empresa que é referência em comunicação e oratória no Brasil.

Search

Últimos Posts

Comunicação Magnética

Comunicação magnética refere-se à habilidade de atrair e manter a atenção das pessoas de forma eficaz, fazendo com que se sintam engajadas e conectadas com

Ler mais »

Voz trêmula na hora de falar

Você se encontra em uma reunião de trabalho crucial e chega o momento de demonstrar seu potencial. Embora o tópico esteja dentro do seu domínio, quando você começa a falar, sua voz vacila e fica fraca. Isso pode ser constrangedor, não é mesmo? E, surpreendentemente, é um problema comum. A voz trêmula é um sinal frequente entre pessoas que enfrentam medo, insegurança, ansiedade e nervosismo ao falar em público.

No entanto, a instabilidade na voz também pode indicar questões além disso. Continuem conosco para entender as situações em que a voz trêmula é comum e descubram nossas sugestões para lidar com esse desafio.

É comum a voz ficar trêmula? De acordo com especialistas da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, a voz trêmula é considerada normal em situações de grande emoção, como as mencionadas anteriormente.

No entanto, se a sua voz fica instável mesmo em momentos de calma, onde não há motivo para nervosismo, isso pode ser um sinal de algum problema fonoaudiológico ou até mesmo neurológico. Se você perceber esse problema diariamente em situações normais, é aconselhável procurar a ajuda de um especialista, como um fonoaudiólogo ou neurologista.

Por outro lado, se o problema surgir apenas quando você está ansioso para falar em público, é algo que pode ser abordado de maneira mais simples. O nervosismo é uma das principais razões para a falta de controle vocal. Manter a calma e a confiança é essencial. Quanto mais autoconfiante você estiver, melhor será a sua apresentação. Abaixo, apresentamos algumas dicas para ajudar nesse sentido. Confira:

  1. Respire para manter a calma Em momentos de estresse, a respiração tende a ficar rápida e superficial, dificultando as pausas necessárias. Aumentar a oxigenação no cérebro ajuda a reduzir a ansiedade e o nervosismo. A respiração diafragmática é recomendada para aumentar a quantidade de oxigênio inspirada. Isso pode ser feito enchendo lentamente os pulmões de ar, observando o movimento do diafragma, retendo a respiração por alguns segundos e expirando suavemente como se estivesse soprando.
  2. Domine o conteúdo Estude profundamente o tópico que será abordado. Quanto mais você souber e estiver preparado, maior será a sua confiança. Portanto, pratique, faça ensaios em voz alta, compartilhe o material com amigos e considere possíveis perguntas que possam surgir. Além disso, gravar sua apresentação pode ajudar a identificar falhas.
  3. Utilize material de apoio Ter anotações, resumos ou roteiros do que você vai apresentar à mão é uma boa prática. Isso ajuda a evitar momentos de bloqueio caso você esqueça alguma informação, permitindo que retome o assunto com segurança e evite constrangimentos.
  4. Não se preocupe com críticas antecipadas Evite se fixar em críticas ou comentários negativos. Encare sua apresentação como uma oportunidade de crescimento pessoal e profissional. Lembre-se de que falar em público é uma habilidade que melhora com a prática. Excessiva autocrítica pode aumentar a insegurança.
  5. Supere a timidez A timidez é frequentemente vista como um obstáculo na comunicação em público, mas é possível que pessoas tímidas desenvolvam habilidades de comunicação e oratória. Treinar a comunicação é fundamental nesse caso.

Uma voz trêmula pode prejudicar significativamente uma apresentação de várias maneiras. Primeiramente, ela torna a comunicação menos clara e compreensível. Quando a voz está trêmula, as palavras podem ser difíceis de entender, o que faz com que a mensagem seja menos eficaz.

Além disso, uma voz trêmula pode transmitir nervosismo e falta de confiança ao público. Isso pode criar uma impressão negativa, fazendo com que a plateia perca a confiança no apresentador e na mensagem que está sendo transmitida.

A voz trêmula também pode distrair a plateia, uma vez que as oscilações na voz podem chamar a atenção para o próprio nervosismo do apresentador, em vez do conteúdo da apresentação.

Em apresentações profissionais e acadêmicas, a voz trêmula pode afetar a credibilidade do apresentador, uma vez que a insegurança percebida pode levar a dúvidas sobre a competência e o conhecimento da pessoa que está apresentando.

Além disso, uma voz trêmula pode impactar negativamente a capacidade do apresentador de manter o controle da situação e de responder a perguntas ou desafios dos espectadores de maneira eficaz.

 

Nosso blog

Últimas postagens

Comunicação Magnética

Comunicação magnética refere-se à habilidade de atrair e manter a atenção das pessoas de forma eficaz, fazendo com que se sintam engajadas e conectadas com

Ler mais »

Oratória em Diversos Contextos

A oratória é uma habilidade versátil e essencial em vários aspectos da vida, desde o ambiente profissional até eventos sociais e políticos. Cada contexto apresenta

Ler mais »