Como as reuniões online influenciam a autoestima?

Olá, Speaker!

As reuniões online têm sido um dos principais assuntos neste ano. Se, antes, elas já aconteciam com certa frequência, agora, são uma constante no dia a dia dos profissionais.

As calls por Zoom, Meet, Webex, Skype ou tantas outras possíveis plataformas foram essenciais para que as empresas (grandes ou pequenas) pudessem manter o trabalho e seguir em atividade na modalidade home office.

Contudo, esse tipo de reunião pode ter alguns efeitos delicados nos profissionais, efeitos esses que não estão presentes em encontros presenciais.

Um desses efeitos está relacionado à autoestima e é sobre isso que vou falar na nossa conversa de hoje. Será que sua autoestima também tem sido afetada pelas calls?

Como as reuniões online afetam a autoestima?

Vivemos em um mundo cada vez mais imagético. “Como assim, Lívia?”. Ora, meus caros speakers, pensem nas redes sociais: todas elas dão um destaque enorme à imagem, à fotografia, ao vídeo.

Com a necessidade crescente de personalizar e humanizar as marcas, os profissionais têm aparecido muito mais: mostram bastidores da sua empresa, falam sobre seus hobbies, compartilham fotos pessoais.

Nas reuniões online, isso é similar. Para que o diálogo possa acontecer da forma mais completa possível, as pessoas ligam suas câmeras. Desse modo, podem ver as expressões dos outros e ter uma conversa mais próxima ao presencial.

Agora, pense e responda (com sinceridade):

Durante as reuniões, você olha mais para a imagem das pessoas com quem conversa ou para a sua própria imagem na tela?

É provável que você passe grande parte do tempo olhando para si mesmo durante uma reunião. Essa é uma reação normal e que vem acontecendo com muitos profissionais.

É justamente aqui que a autoestima entra em foco. Você já imaginou estar em uma reunião em uma sala totalmente espelhada? Você poderia reparar em todos os seus gestos, sua aparência e sua performance enquanto fala…

Na reunião online, é como se acontecesse isso, é como se estivéssemos nos olhando em um espelho enquanto nos comunicamos. Esse “olhar-se ao espelho” tem tanto um lado positivo quanto o negativo. Falarei de ambos a seguir.

Por que olhar a nossa própria imagem durante a reunião pode ser ruim?

Voltemos à ideia de que estamos em uma sala espelhada em uma reunião presencial. Você se sentiria confortável olhando a si mesmo todo o tempo? É provável que não. O mesmo acontece no digital.

Se nos focarmos na nossa imagem excessivamente, isso pode afetar a nossa autoestima. Quanto mais nos reparamos, mais tendemos a identificar defeitos que, antes, eram imperceptíveis.

Sem falar, ainda, na nossa performance em si: nossos gestos, postura, expressões. Muitas vezes, as pessoas tendem a se julgar com muito mais rigidez com que julgam os demais e isso, a médio prazo, pode ter efeitos emocionais.

O foco excessivo em si mesmo também pode prejudicar a transmissão da nossa mensagem: se estamos distraídos com a nossa própria imagem, é mais difícil nos concentrarmos no conteúdo que queremos transmitir.

E por que pode ser algo proveitoso, se soubermos manter o equilíbrio?

Como eu disse, a possibilidade de nos vermos durante uma reunião pode trazer efeitos negativos, mas também pode significar uma oportunidade de aperfeiçoamento. Para que isso aconteça, o equilíbrio é fundamental.

Explico: uma das maneiras mais eficientes de aprimorarmos nossa comunicação é nos analisarmos em vídeo. Essa análise nos permite identificar pontos portes e fracos, lapidá-los e potencializá-los.

Se podemos nos analisar durante uma reunião sem perder o foco do que queremos dizer, isso pode ser uma forma de aprimorarmos a nossa expressão. Se vemos, por exemplo, que estamos com uma má postura, podemos corrigir.

Ou se notarmos que nossas expressões não estão conformes com o que queremos transmitir, podemos nos atentar para isso durante a reunião e harmonizá-las com a nossa fala.

Em outras palavras, se nos olharmos em vídeo, podemos fazer pequenos ajustes. O importante é, como vimos, não desviar o foco da intenção principal: participar da reunião e transmitir o conteúdo da melhor forma possível.

Para onde olhar durante uma reunião online?

Essa pode até parecer uma pergunta simples à primeira vista, mas é uma dúvida muito comum. Apesar da “tentação” de nos focarmos na nossa própria imagem, é importante olharmos para a câmera durante uma reunião online.

Se olhamos para nós mesmos, as pessoas com quem conversamos verão um olhar desviado. Ao contrário, se olharmos para a câmera, estaremos fazendo contato visual com os demais, como se estivéssemos olhando as outras pessoas nos olhos.

Pode ser difícil olhar para a câmera do computador ou celular todo o tempo, mas esse é um cuidado importante. Afinal, o contato visual é sempre um quesito essencial nos processos comunicativos, mesmo que exista uma tela entre nós e nossa audiência.

Como praticamente tudo ligado à comunicação e à oratória, a maneira como nos comportamos em uma reunião também deve ser praticada. Para muitos profissionais, isso ainda é algo novo e o novo demanda habilidades que nem sempre temos.

Como me preparar para uma reunião online?

Alguns passos são, portanto, imprescindíveis para nos preparamos para uma reunião online, seja ela um encontro de negócios, uma entrevista de emprego, uma venda ou quaisquer outras possibilidades.

Esses passos são, por exemplo:

–  Preparar o nosso conteúdo com antecedência

– Roteirizar a nossa fala, utilizando palavras-chave associadas a cada tópico ou ideia central

– Familiarizar com a plataforma escolhida, conhecer suas ferramentas e saber aplicá-las

– Atentar ao enquadramento e à parte técnica como um todo

A comunicação digital e suas múltiplas possibilidades, como as reuniões online, demandam que os profissionais desenvolvam e aprimorem habilidades. Falar (e ver a si mesmo) em frente à câmera é uma das principais.

Precisa de ajuda para aperfeiçoar as suas competências de comunicação digital? Fale com a gente e conheça nossas soluções!

Clique para dar sua nota!
Avaliações: 0 - Avaliação média: 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *