7 erros que podem estragar a sua apresentação

Livia Bello

| CEO The Speaker

Muito prazer, meu nome é Lívia Bello, sou CEO e Fundadora da The Speaker, uma empresa que é referência em comunicação e oratória no Brasil.

Search

Últimos Posts

7 erros que podem estragar a sua apresentação

Oi, Speaker!

Você prepara a sua fala, dedica um tempo para praticar, mas, quando chega o dia, comete um ou mais desses 7 erros que podem estragar a sua apresentação e prejudicar a sua performance. Já imaginou?

Pois bem, além de saber o que fazer para planejar uma boa apresentação, é indispensável também saber o que evitar para garantir que tudo saia como o esperado. 

Siga a leitura e descubra quais erros são esses e, claro, o que fazer para não os cometer em suas próximas apresentações! 

1. Desorganização de ideias

Para que uma apresentação tenha o impacto desejado, é imprescindível que esteja bem organizada. Afinal, é desse modo que a audiência irá compreender e assimilar tudo o que está sendo dito.

Diante disso, um dos grandes erros que podem estragar a sua apresentação é, justamente, a desordem na maneira como você transmite a sua mensagem, expõe seus argumentos e opiniões.

Como evitar: crie um roteiro para a sua fala, garantindo que todos os tópicos tenham ligação entre si e que obedeçam a um raciocínio lógico.  

2. Slides densos 

Nas apresentações em público, os slides devem ser um complemento e não o ponto central da fala do comunicador. Na lista de erros que estragam apresentações, os slides densos, com grandes quantidades de texto, devem constar. 

Como evitar: prefira utilizar imagens ou a palavras-chaves nos slides! 

3. Problemas na linguagem corporal

Você não se expressa apenas pelo que diz. A forma como se veste, para onde o seu olhar está direcionado, sua postura, voz e gestos também comunicam algo. É importante, então, garantir que esse “algo” seja o que você quer. 

Um conteúdo excelente, bem elaborado, pode acabar sendo ofuscado por gestos exagerados, por exemplo. Da mesma forma, para apresentações presenciais, é preciso saber como se movimentar no palco e para onde olhar.

Como evitar: desenvolva e aprimore habilidades ligadas à linguagem não-verbal, tanto no online quanto no presencial. 

4. A máscara da neutralidade

Você já ouviu falar sobre a “máscara da neutralidade”? Ela nada mais é do que o hábito de manter a mesma expressão facial o tempo todo durante uma apresentação. Nada de sorrisos ou expressões tristes: o mesmo semblante neutro constantemente. 

Na comunicação, é preciso harmonizar o que você diz com o que você expressa através dos seus semblantes. Se está falando sobre algo alegre, sorria! Caso esteja abordando um tema delicado, adote uma expressão mais séria. 

Como evitar: antes da apresentação, grave-se em vídeo e identifique se há harmonia entre sua fala e suas expressões, fazendo os ajustes necessários. 

5. Falar o tempo todo de si

Não há nada de errado em compartilhar sua trajetória pessoal em uma apresentação (sempre que isso estiver adequado ao contexto). Contudo, é um risco falar de si de forma excessiva. 

A audiência pode interpretar essa escolha de uma maneira negativa e criar resistência a tudo o que você disser na sua apresentação. 

Como evitar: planeje sua fala com antecedência e tente dosar o quanto fala sobre si, sempre de acordo com seu objetivo e com as características da sua apresentação e do seu público-alvo. 

6. Não saber usar a sua voz

Se você já assistiu a uma apresentação na qual o comunicador falou baixo demais, devagar demais ou rápido demais, sabe o quanto esse uso inadequado da voz pode ser incômodo e dificultar a assimilação do conteúdo. 

Por essa razão, procure aprender a usar a sua voz. Isso inclui:

– Adotar um ritmo de fala confortável para você e para os outros

– Definir o melhor volume de voz

– Variar o tom de voz em trechos estratégicos

– Saber aplicar as pausas 

Como evitar: conhecendo sua voz e entendendo o que fazer para potenciá-la durante uma apresentação. 

7. Online: enquadramento equivocado

No online, um erro comum e que estraga a apresentação é o enquadramento inapropriado. Um plano muito aberto ou muito fechado, por exemplo. Esse erro (inocente à primeira vista) influencia muito a performance do comunicador.

Como evitar: opte por um enquadramento que mostre desde um pouco acima da sua cabeça até abaixo dos seus cotovelos. 

Nosso blog

Últimas postagens

Oratória em Diversos Contextos

A oratória é uma habilidade versátil e essencial em vários aspectos da vida, desde o ambiente profissional até eventos sociais e políticos. Cada contexto apresenta

Ler mais »

Técnicas de Retórica Clássica

A retórica clássica, desenvolvida na Grécia e Roma antigas, é a arte de usar a linguagem de maneira eficaz e persuasiva. Muitas das técnicas desenvolvidas

Ler mais »

Oratória para médicos

A oratória é uma habilidade crucial para médicos em diversas situações, tanto na prática clínica quanto em outros contextos profissionais. Aqui estão algumas situações em

Ler mais »