Case de Oratória: Rabobank

Case de sucesso:

 Workshop de Comunicação e Oratória para equipe de T.I. do Rabobank.

Um dos nossos workshops sobre comunicação e oratória aconteceu com o pessoal da equipe de T.I da Rabobank Brasil, um banco holandês especializado em soluções financeiras e estratégicas para o agronegócio.

Um gestor da área de T.I percebeu que a sua equipe tinha problemas para se comunicar. Acostumados a estar na frente dos computadores muitas horas por dia, esses colaboradores sentiam enorme dificuldade para desenvolver a comunicação oral em situações rotineiras, como participar de reuniões, e conversar com pessoas de outras áreas da empresa.

A primeira iniciativa do gestor foi, então, promover reuniões de equipe mensais para que a equipe de T.I pudesse se acostumar com situações que demandam exposições orais. Nesses encontros, era possível identificar com mais clareza os problemas de comunicação dos funcionários.

No entanto, não houve, nesse momento, um acompanhamento de um profissional da comunicação que pudesse orientar a equipe sobre os problemas de oratória que enfrentavam e quais as ferramentas para superá-los. Dessa forma, ainda que as reuniões mensais significassem um momento para treinar a oratória, a equipe continuava repetindo os mesmos erros. Foi a partir disso que o Fábio Egami, gestor da área de T.I, entrou em contato com a The Speaker.

Em uma primeira reunião de briefing identificamos problemas muito básicos de comunicação, como, por exemplo, o hábito de conversar somente através de computadores ou, na comunicação “face a face”, falar sem manter contato visual, excesso de inibição, perfil de pessoas pouco comunicativas etc.

Todos esses problemas prejudicavam a equipe na hora das reuniões e até mesmo para conversar entre si.  Além disso, expor suas ideias era muito difícil, já que existia também uma dificuldade de desenvolver um raciocínio na hora de se comunicar. Para pessoas da área de T.I., branco é branco, preto é preto, é zero ou um. É comum vermos dificuldade em ser flexível, em expor diferentes pontos de vista ou mesmo de enxergar o outro com empatia.

Como foi o workshop?

Para começar o treinamento, dividimos a equipe em duas turmas de 14 pessoas e cada grupo recebeu um treinamento de oito horas (dois dias de quatro horas cada). Com o número reduzido de pessoas, conseguimos trabalhar de forma mais individualizada, praticando erros pontuais em cada grupo.

Trabalhamos técnicas básicas de apresentação, praticamos exposições orais e cada um criou seu próprio roteiro de apresentação seguindo nossa técnica exclusiva para estruturação de raciocínio. As duas turmas foram muito receptivas e estavam empenhadas em conseguir uma comunicação assertiva.

Em seguida, também trabalhamos outros aspectos da comunicação, como o uso correto da voz e da linguagem não-verbal, especialmente gestos e expressão corporal.

Como fazemos em todos os nossos workshops, propusemos atividades práticas junto à teoria. Afinal, as habilidades de oratória são adquiridas através de informação e, sobretudo, treinamento.

Quais foram os resultados do workshop?

No workshop da The Speaker, com as orientações prévias necessárias e o feedback após as atividades práticas, os resultados foram muito positivos. A equipe de T.I da Rabobank criou mais consciência sobre linguagem não-verbal e sentiu uma melhora imediata na hora de expor suas ideias e se comunicar com as pessoas. Ao final, todos ficaram muito surpresos com uma participante em especial, que no primeiro teve um “ataque de ansiedade” durante sua exposição, e ao fim do treinamento conseguiu fazer uma apresentação de sucesso e foi muito aplaudida!

O Fábio, que nos procurou com a proposta do workshop para a sua equipe, ficou bem satisfeito com os resultados, certo de que os profissionais da área de T.I também precisam dedicar um tempo para investir nas suas habilidades de oratória e, assim, ter uma comunicação mais assertiva.

 

5 (100%) 4 votes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami