Dicas para falar bem em público – Parte 2

Speaker! Tudo bem?

Se você chegou até aqui, é porque já leu a primeira parte da nossa conversa sobre DICAS PARA FALAR BEM EM PÚBLICO, certo?

Todas essas técnicas são orientações de alguns dos melhores comunicadores do mundo atualmente. Esses speakers compartilharam as suas dicas durante apresentações na Tedx. Confira!

1- Fale sobre assuntos e fatos que ninguém conhece

Uma boa apresentação é aquela que acrescenta algo novo para a vida dos ouvintes. Quando você assiste a uma fala e só escuta aquilo que já sabe, provavelmente sairá com a sensação de que a palestra não foi boa e que, até mesmo, foi uma perda de tempo ir até lá, correto?

Bem, o seu público sente e pensa da mesma forma. Por isso, quando planejar suas apresentações, busque novidades sobre o assunto que vai abordar. Quando você traz um fato novo, desperta a atenção do público e garante que sua mensagem será ouvida.

2- Foque em ajudar as pessoas (e não em vender um produto)

Ainda que o objetivo da sua apresentação seja vender um produto, evite se prender nisso. Em outras palavras, para realmente vender um produto, é preciso saber abordar as pessoas de uma forma diferenciada.

Para entender essa dica, pense nas melhores propagandas que existem atualmente. A Coca-Cola, por exemplo, não diz diretamente “compre Coca-Cola”, mas mostra uma história, dizendo para as pessoas que essa bebida faz parte dos melhores momentos da vida.

Nesse exemplo, o consumidor entende que a propaganda está vendendo o produto, mas não se sente pressionado. Isso porque a Coca-Cola conta uma história ao invés de dar uma ordem direta: compre o meu produto!

Nas suas apresentações, tente usar a mesma estratégia, demonstrando, através de uma história emotiva, o quanto o seu produto pode ser útil para as pessoas!

  1. Evite pedir desculpas antecipadamente

Um erro muito comum – e que a maioria dos speakers nem sabe que comete – é pedir desculpas ao público antecipadamente.  Se você já assistiu a uma palestra que começou com alguma frase do tipo “não tive muito tempo para organizar esses slides” ou “ainda não estou seguro sobre isso”, sabe exatamente do que estamos falando!

Esse erro nasce, sobretudo, da insegurança. Algumas pessoas pensam que, ao pedir desculpas antecipadamente, o público automaticamente irá perdoar qualquer erro ou informação equivocada, mas isso está longe de ser verdade.

Além de manter o mesmo nível de exigência com o conteúdo da sua apresentação, as pessoas da plateia passarão a sentir menos confiança em você. Por isso, ainda que você não tenha tido tanto tempo para se preparar, sempre procure mostrar segurança e nunca peça desculpas antes da hora, ok?

  1. Dê atenção à parte técnica

Não são raras as vezes em que apresentações excelentes foram prejudicadas por problemas técnicos. E, com certeza, você não quer que isso aconteça nas suas falas, não é mesmo?

Para evitar esse desgaste desnecessário, não deixe a parte técnica de lado, pensando que ela é obrigação apenas dos produtores do evento. Antes de subir ao palco, confira o microfone, os cabos, a luz, o controle remoto e o projetor. Se você vai usar seu notebook, garanta que ele esteja carregado.

Se, ainda assim, algo der errado, não se desespere! Procure agir com naturalidade enquanto os responsáveis tentam corrigir o problema.

  1. Opte por slides simples e diretos

O uso dos slides ainda é um assunto bastante polêmico. Para alguns comunicadores, esse recurso já está ultrapassado. Por outro lado, há quem defenda que os slides são essenciais em apresentações com um alto grau de teoria ou dados e que as imagens, nesses casos, são grandes aliadas.

Se você optar por utilizar slides em suas falas, tenha alguns cuidados:

– Evite sobrecarregá-los com textos em excesso e parágrafos muito longos.

– Não use fontes muito pequenas e com estilos difíceis de enxergar.

– Dê preferência para imagens: uma foto pode falar muito mais que um slide cheio de palavras.

– Nos slides, escreva apenas as palavras-chave ou os títulos dos tópicos de sua fala.

– Importantíssimo: NUNCA leia seus slides para o público!

  1. Crie formas de prender a atenção do público

Quem acompanha a The Speaker, provavelmente já leu em alguma conversa que as pessoas tendem a perder a atenção após 15 minutos de apresentação. Nas conferências Ted, as falas não ultrapassam 18 minutos, justamente por esse motivo.

Sempre que possível, opte por falas mais curtas. Se a sua apresentação está programada para durar um pouco mais que isso, recorra a técnicas que ajudam a prender a atenção do público. Algumas delas são:

– Dê alguma tarefa simples para as pessoas que estão na plateia. Pode ser um QUIZ, pode ser pedir a elas que façam anotações sobre a sua fala e até mesmo a aplicação de um simples questionário oral, respondido com as mãos: “levante as mãos quem já ouviu falar sobre tal coisa!”, por exemplo.

– Conte uma história: as pessoas amam histórias! Por isso, recorra à prática da Storytelling para apresentar as suas ideias.

– Use o esquema “INTRODUÇÃO – DESENVOLVIMENTO – CONCLUSÃO” para garantir que sua apresentação siga um raciocínio lógico e seja clara para todos que estão assistindo.

Assista esse vídeo que explica como fazer uma boa conclusão:

https://www.youtube.com/watch?v=IYo_PAF9e1M

– Faça uma boa introdução e uma boa conclusão: os primeiros e os últimos minutos de uma apresentação são os mais importantes. Comece sempre despertando a curiosidade das pessoas e termine de um jeito emotivo. É essa forma que grandes comunicadores, como Steve Jobs, usam em seus discursos.

 

Essas são algumas dicas valiosíssimas para quem quer falar bem em público. Se você ainda se sente inseguro, uma boa ideia é optar por cursos de oratória. Nesses espaços, profissionais no assunto podem ajudá-lo a superar suas limitações e, com o tempo, falar em público deixará de ser um pesadelo! Boa sorte!

Fontes:

thespeaker.com.br

https://www.inc.com/ss/jeff-haden/20-public-speaking-tips-best-ted-talks

Avalie este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami