Como gravar um vídeo de apresentação? Confira 6 técnicas indispensáveis!

Você se lembra de quando os vídeos chegaram ao Facebook e ao Instagram? No começo, essa mudança gerou polêmica entre os usuários, acostumados a ver esse tipo de mídia apenas em páginas específicas, como o Youtube.

No entanto, hoje, parece que todo mundo já se acostumou e os stories, assim como outros tipos de vídeos curtos, já fazem parte do nosso dia a dia.

Mesmo antes desse boom, algumas empresas já requisitavam um vídeo de apresentação em seus processos seletivos. Agora, essa tendência cresceu ainda mais e já não é nenhuma surpresa ter que preparar um vídeo de apresentação para conseguir um emprego, uma promoção ou para outros tantos fins profissionais.

E aí, vem a dúvida: como gravar um vídeo de apresentação interessante e eficiente em seu propósito? Quais são os elementos indispensáveis para esse tipo de mídia? Qual é a melhor forma de elaborar o conteúdo? E, ainda, como me comportar em frente a uma câmera?

Confira a resposta para todas essas perguntas neste nosso artigo. Boa leitura, Speaker!

  1. Planeje o seu conteúdo com antecedência!

Contar com o improviso quase nunca é a melhor ideia. Mesmo que você possa gravar e regravar o seu vídeo muitas vezes, planejar o conteúdo da sua apresentação poupará bastante tempo e será uma ferramenta importante para garantir um material de qualidade.

Desse modo, antes de mais nada, pense no que você quer dizer e escreva suas ideias. Se a empresa para a qual você quer se candidatar deu instruções sobre o que dizer em seu vídeo, siga-as, respondendo todas as perguntas solicitadas. Caso não, trate de pensar na melhor maneira de se apresentar e de falar sobre suas qualificações e experiências.

Nessa etapa inicial, você pode fazer uma espécie de brainstorm, que será super útil no próximo passo.

  1. Faça um roteiro para o seu vídeo de apresentação!

Agora é hora de organizar o seu conteúdo, selecionando o que fará parte do seu vídeo e o que não fará. Para isso, criar um pequeno roteiro para a sua apresentação é uma técnica importante.

Como fazer isso? Organize o seu conteúdo em tópicos e subtópicos. Para cada um deles, defina palavras-chave. Essa lista de palavras centrais será de grande ajuda para quando você for praticar a sua fala ou até mesmo na hora da gravação.

No seu roteiro, garanta que exista uma sequência lógica entre todos os trechos do seu vídeo e dê uma atenção especial para a introdução e a conclusão, já que esses momentos – inicial e final – costumam ser os que mais chamam a atenção da audiência.

  1. Conte uma história!

Não adianta apenas pensar no que falar em seu vídeo de apresentação. É fundamental planejar como transmitir o seu conteúdo da melhor maneira.

Um erro bastante comum é ler as perguntas solicitadas pela empresa (se esse for o caso) e ir respondendo-as uma a uma, fazendo uma espécie de autoentrevista. Esse não é o propósito do vídeo, afinal, se quisessem uma entrevista, os recrutadores teriam agendado um papo por Skype ou presencial, não é mesmo?

O que fazer, então? Contar uma história! O vídeo de apresentação, como o nome já diz, é um material no qual você deverá falar sobre si mesmo, contar a SUA história. Fazer isso, utilizando a storytelling, é uma maneira eficiente de pensar em um conteúdo interessante e que se destaque entre os demais.

Pode parecer bobagem ressaltar isso, mas é preciso começar o vídeo falando o seu nome, ok?

  1. Defina um cenário que esteja de acordo com o contexto do seu vídeo!

Algumas decisões, como o grau de formalidade, por exemplo, deverão ser definidas segundo o propósito do seu vídeo. Se for para uma vaga de emprego, levar em consideração o perfil da empresa e da função à qual você se dedicará são passos importantes para tomar as melhores decisões.

E quanto ao cenário? A escolha do cenário é outro quesito que merece bastante a sua atenção. Opte por um cenário que se adéque ao seu perfil profissional (uma biblioteca, a sua mesa de trabalho ou o que mais estiver relacionado à sua profissão) ou, se preferir, uma parede lisa também poderá ser uma boa escolha.

De um modo ou outro, há algo importantíssimo para se levar em consideração quanto ao cenário: ele não deve chamar mais atenção do que a sua fala, ok? Aliás, essa regra também vale para a roupa ou acessórios que decidir usar durante a gravação, já que eles não podem ser uma distração para a sua audiência.

  1. Pense no enquadramento!

Você já ouviu falar sobre enquadramento? É bem provável que sim. Nos vídeos, o enquadramento é tudo aquilo que será enquadrado pelas câmeras ou, em outras palavras, que aparecerá no seu vídeo.

Há diversos tipos de enquadramento: ele pode ser mais aberto (com um plano que mostre o fundo e os arredores do cenário) ou mais fechado (focado em você). Na dúvida, escolher um meio-termo é uma aposta segura, deixando de usar um enquadramento muito fechado (que só mostre o seu rosto, por exemplo) ou outro que acaba inserindo muitas distrações ao seu vídeo.

Além do enquadramento, outros aspectos visuais, como a luz, deverão ser pensados. Uma boa luz dará um upgrade para o seu material. Dar atenção para o áudio, evitando ambientes muito barulhentos, também deverá ser uma de suas preocupações. Pense nisso!

  1. Pratique!

A sua performance no vídeo de apresentação terá grande influência no resultado. Afinal, não se trata apenas do conteúdo, mas de como expressá-lo. Assim, uma fala espontânea e segura fará toda a diferença!

Nesse sentido, nem pense em ler integralmente o seu roteiro, ok? Você precisa olhar para a câmera como se estivesse conversando com alguém, seja esse alguém um recrutador ou qualquer outra pessoa para a qual o seu vídeo se destina.

Para ganhar espontaneidade e se familiarizar com o seu texto, a prática é essencial. Grave o seu vídeo quantas vezes forem necessárias, faça ajustes de versão a versão até chegar ao resultado que considerar o melhor. Só depois de tudo isso, envie o material!

Boa sorte!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *